pontos.de.vista > exposições > Stefan Rohner > Lourdes (França)
Lourdes (França) Maio 2004
autor: Stefan Rohner
título: 13 exposição individual
Stefan Rohner
> Lourdes (França)
Maio 2004

No coração dos Pirinéus, Lourdes recebe todos os anos 5 milhões de visitantes de todo o mundo.
Espiritualmente, quer seja história ou lenda, faz parte do presente através da profunda beleza do local, das marcas do passado, da serenidade dos santuários.
Lourdes era apenas uma pequena vila mercantil em 11 de Fevereiro, quando Bernadette Soubirous viu, perto do rio Gave, a "Senhora" que transformou a vila numa cidade Mariana.
Actualmente Lourdes é a segunda cidade com mais hotéis em França com 270 estabelecimentos.
A sua localização geográfica, no sopé das montanhas faz dela um ponto de partida ideal para excursões aos Pirinéus.

O que aconteceu em Lourdes em 1858:
Lourdes, no século XIX, era uma das vilas principais do distrito com mais de 4.000 habitantes, situada nas margens do rio Gave em Pau. Existiam muitos moinhos; muitos deles dispersos fora da vila.
Num desses moinhos, o moinho Boly, François e Louise Soubirous viveram felizes durante 10 anos juntamente com os seus 4 filhos...A mais velha foi baptizada com o nome de Marie-Bernadette mas sempre chamada apenas Bernadette (nasceu em 7 de Janeiro de 1844).
Em 1854 a família Soubirous ficou reduzida a uma pobreza extrema em resultado de um acidente de trabalho que cegou François num dos olhos.
Este, foi também falsamente acusado de ter roubado duas sacas de farinha e da falência do moinho. Aos 38 anos faleceu de cólera em Lourdes.
Bernadette adoeceu com cólera e tuberculose e sofreu as consequências destas doenças durante o resto da sua vida. A família teve de abandonar o moinho e em 1857 refugiou-se numa cela prisional abandonada com apenas 16m2 chamada "the Cachot".
Com 14 anos de idade, incapaz de ler ou escrever, sem ter efectuado a sua Primeira Comunhão, Bernadette, magoada por todos estes eventos, teve uma experiência extraordinária.

A primeira aparição:
No dia 11 de Fevereiro de 1858, Bernadette, a sua irmã Toinette e uma amiga, Jeanne Abadie, foram apanhar lenha na gruta chamada
Massabielle, ao lado do rio Gave. Enquanto Toinette e Jeanne juntavam a lenha, Bernadette ouviu um som parecido com uma rajada de vento. "Levantou a cabeça e viu, na fresta da rocha, uma rapariga jovem, rodeada de luz, que olhou para ela e sorriu".
Esta foi a primeira aparição, seguiram-se mais 17.
Dia 4 de Julho de 1866, Bernadette deixou Lourdes e foi para Nevers onde entrou, como freira, no Convento de St. Gildard. Ali faleceu dia 16 de Abril de 1879, e é onde ainda permanece o seu corpo.

Tradução: Sofia Quintas

fotos >>>

24 fotos de:
 Stefan Rohner


publicada em:
2004.06.30